quarta-feira, 17 de junho de 2009

Você é como eu...

Pegue minha mão,
vamos viajar.
Sair por aí,
sem ter onde chegar.

Você é como eu,
e isso não é ruim
Estamos satisfeitos,
até alguem chorar.

Pegue em minha mão,
indo por aí.
Você é como eu,
sem medo de arriscar.

Se eu vier a cair,
você vai me esperar.
E quanto a você
o que tiver que ser, será.

Se eu estiver sofrendo,
você vai ignorar.
Pois se você cair,
não posso te esperar.

Gente - Declinium

Notável a facilidade de escrevermos sobre coisas dolorosas.
Surpreendente como a melodia surge em meio a tantas dores.
Triste perceber que defeitos são comuns a todos os seres,
e que o máximo que conseguimos fazer é "escolher" de qual
mal queremos sofrer.

"Cada um é responsável pelo próprio céu ou inferno."
Psicografado por Chico Xavier e atribuido ao espirito Emmanuel.

2 comentários:

Luz! disse...

Oii! Valeu pela dica no blog. Eu quero mudar o template tbm. Não entendo nada disso, mas quero!! :D Bju!

poinca disse...

OW,baby... A dor é o caminho mais curto para a expressão de sentimentos!