segunda-feira, 12 de outubro de 2009

E eu já não tenho pra onde correr...

O que mais me encanta em você,
É a tua capacidade de me enlouquecer;
A tua sensualidade ardente,
Teus dentes separados na frente;
Teu sorriso esperto de quem muito já sofreu,
Tua inteligência moleque, de pernas tortas,
Teu delírio otimista à beira da sorte;
Teu rosto infantil,
Teus traços fortes;

O que mais me encanta em você,
É o teu peito, num vestidinho colado,
A tua sensualidade ardente
Teus dentes separados na frente
Teu sorriso esperto de quem muito já sofreu
O poder eletrizante que o teu sim
Exerce na besta-fera dentro de mim
A possibilidade de um mundo pequeno
Conter uma enorme galáxia
E ter me transformado em alguém mais perto
Do que eu idealizo ser.

O que mais me encanta em você
É a tua capacidade de me enlouquecer

2 comentários:

Aline Oliveira disse...

Puchando-te pra mais perto
Recebo-te toda faceira e prosa
Entrego-te meu mundo aberto
Em suaves perfumes de brancas rosas


Quebrando o clima: O cabelo parece a continuação do coqueiro! hahahahaha

Deize Almeida disse...

Estrutura livre, cada sequência é um bloco isolado..delírio verbal de um poeta.